sábado, 28 de abril de 2012


‘E eu vivo essa inconstância de ser quem você quer que eu seja,mesmo sem você mesmo saber.Porque,no fim,nem eu nem você sabemos o que queremos como molde pro outro.Nós só sabemos,que juntos podemos descobrir.’

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Não suporto quem fica curtindo a dor.Pra mim não tem essa de ficar velando sofrimento.Caiu?Levanta.Sacode a poeira grudada na barra da saia e vamos dançar novamente.Porque,meu bem,quem se priva de ser feliz,acaba se prendendo na tristeza de modo que jamais conseguirá sair dela.O mundo foi feito pras alegrias.Se fosse para a tristeza,não existiria luz.Levanta porque o tempo passa!